/

lyrics

Há muito tempo, Amy cantava
Coisas que ninguém entendia
Amy constantemente se alegrava
Não sabendo o que seria um dia

Mas a calma de Amy a deixou na mão
Enquanto ela se via em uma ilusão
Uma ilusão contínua e infinita
Uma ilusão demente, sempre aflita
Uma ilusão demente, sempre aflita

Mas Amy começou a perder a cabeça
E a ver ações onde não as via
E enquanto ela se punia
Sua sanidade se diluía

E a Amy, cega com ódio
O fez comer a sua própria angústia
Seus olhos negros o olhavam
E um forte vermelho captavam

Essa não é a mesma Amy
Que antes passeava entre a gente
Como pode alguém mudar tanto
Tanto e tão de repente

Desde então, Amy escolheu
Viver em sua própria cela
Ela se fechou para o mundo
E o mundo se fechou para ela
E o mundo se fechou para ela

credits

from Super Supérfluo, released November 22, 2012
Igor/Pacheco

tags

license

all rights reserved

about

Los Bife Rio De Janeiro, Brazil

Somos uma banda carioca de rock autodepreciativo.

contact / help

Contact Los Bife

Streaming and
Download help